A reparação histórica é necessário para que haja justiça para nós mulheres


A gente sabe que o processo de mudança de uma sociedade machista e patriarcal é lenta, mas aos poucos vamos mexendo nessa base e construindo um caminho mais justo para nós. Um exemplo disso é aprovação do projeto de emenda à Lei Orgânica do Município de Belém (LOMB), que pretende alternar homenagens para homens e mulheres ao definir nomes de ruas e outros espaços públicos de Belém. O projeto de autoria do Vereador Emerson Sampaio (PP), foi aprovado na câmara Municipal de Belém nesta terça-feira,08.


Parece pouco, mas representatividade importa e muito, e ter em nossa cidade, ruas que homenageiam mulheres, é contar as nossas meninas que elas podem chegar ao lugar que quiserem.



O processo é as vezes cansativo, mas passos como o projeto votado pela Câmara são fundamentais no sentido de reflexão. A gente sabe que incomoda muita gente mexer com essas estruturas, afinal, é mais fácil deixar as coisas como estão, o poder em um único setor, para homens, brancos, héteros e ricos, mas é importante que a gente entenda que o momento histórico nos dá poder para reparar isso. Eu espero que a gente consiga refletir, porque lugares e privilégios nunca são confortáveis de ser deixados, mas a reflexão é o primeiro passo pra mudança.


Seja com um nome de uma rua ou a conquista de voto, nós estamos sempre em movimento, e o caminho deve ser de lutas e conquistas para nós mulheres.