top of page

Amazônia perdeu quase 3 mil campos de futebol por dia em 2022, segundo Imazon



Apenas em dezembro, Amazônia perdeu 287 km² de floresta, um aumento de 105% em relação ao mesmo mês de 2021.


O desmatamento da Amazônia, em 2022, foi o maior registrado em 15 anos. É o que alerta o monitoramento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Entre janeiro e dezembro, foram devastados 10.573 km², o equivalente à derrubada de quase três mil campos de futebol por dia de floresta.

O ano passado também registrou o quinto recorde anual consecutivo de desmatamento. No acumulado dos últimos quatro anos (2019-2022), chegou aos 35.193 km² — área que supera o tamanho de dois estados brasileiros: Sergipe (21 mil km²) e Alagoas (27 mil km²).


NOVOS HORIZONTES


A Ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, afirmou em Davos, onde participa do Fórum Econômico Mundial, que o governo Lula está comprometido com o “desmatamento zero”. Ela ainda citou que tem buscado o caminho da filantropia global para atrair mais investimentos para a Amazônia. “Inclusive, já está sendo organizado um grupo de instituições filantrópicas que quer investir no Fundo Amazônia”, declarou.

Comments


bottom of page