Edmilson lança plano para erradicar o analfabetismo em Belém




“Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas mudam o mundo”

Paulo Freire.


A educação é a ferramenta transformadora de uma sociedade, é dela que moldamos nossa cultura, nossos saberes e construímos o futuro. O grande patrono da educação Paulo Freire já dizia que “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.” E para transformar a sociedade temos que ter gestores que tenham como prioridade a educação de seus cidadãos. Edmilson Rodrigues, prefeito de Belém, tem a educação como seu Norte, por isso ele iniciou o projeto para promover a erradicação do analfabetismo de toda a capital paraense.


A iniciativa da prefeitura faz parte das celebrações do centenário do patrono da educação Paulo Freire, em 19 de setembro. O objetivo é alfabetizar mais de 11 mil pessoas que estão no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico) que nunca frequentaram a escola.


o Plano de Alfabetização da prefeitura de Belém irá trabalhar com duas metodologias: a primeira, Freireana, que utiliza o universo vocabular das pessoas e temas geradores, focados na realidade do indivíduo, com atividades de círculo de cultura e diálogos, para a formação política. A segunda corresponde ao método cubano chamado ‘Sim, posso’, que trabalha com recursos audiovisuais e círculos de cultura, os quais serão desenvolvidos, em especial, pelos movimentos sociais, mesclando com a filosofia freireana.

O centenário segue o que determina a nossa Constituição Federal de 1988, a lei nº 9.394, de 20 de setembro de 1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da educação Nacional, a Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação; no Marco de Ação de Belém, subscrito por 144 Estados-Membros da Unesco, representantes da sociedade civil, reunidos em Belém do Pará, em 2009, durante a VI Conferência Internacional de Educação de Adultos, e a Lei nº 12.612, de 13 de abril de 2012, que declara Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira.


Festejar uma cidade que tem como prioridade o acesso ao que é de mais preciso ao ser humano, o conhecimento, é poder contar com a transformação dela. Paulo Freire, nosso grande patrono da educação é sem dúvida o método mais assertivo para que Belém tenha cidadãos pensantes e críticos ao que acontecem ao seu redor. Parabéns Edmilson, o slogan que te fez o prefeito de nossa cidade nunca fez tanto juz ao que tu tens feito, é o governo de nossa gente.