IV Conferência Municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Belém



Prosseguir na defesa pelos direitos da mulher tem sido um dos pontos que mobiliza as Conferências Municipais de Políticas para as Mulheres. Esse e outros assuntos do nosso cotidiano, estão na pauta dos encontros que acontecerão nesta quinta-feira (29/09) e sexta-feira (30/09) aqui em Belém. A Coordenadoria Municipal da Mulher (Combel), retoma a conferencia que teve sua última edição em 2015.


O tema deste ano será "Garantias e Avanços de Direitos das Mulheres: Democracia, Respeito, Diversidade e Autonomia" e será dividido em três eixos temáticos:


1 - "A Política Nacional para as Mulheres: Avanços e desafios e o papel do Estado na gestão das políticas para as mulheres";


2 - "O Sistema Nacional de Políticas para as Mulheres: Propostas de Estrutura, interrelações, instrumentos de gestão, recursos, política nacional de formação, estratégias de institucionalização, regulamentação e implementação do Sistema";


3 - "Políticas Públicas Temáticas para as Mulheres: Avanços e desafios e enfrentamento às violências, saúde integral, trabalho, autonomia econômica, participação nos espaços de poder e decisão, educação para a igualdade e diversidade";


O fortalecimento da mulher nas esferas públicas e políticas tem trazido à tona as necessidades que antes não eram vistas, pois não tínhamos representantes que mostrassem as nossas necessidades. Está é a raiz do que se chama representatividade, e ela importa, ter uma figura que compõe nossas demandas nas esferas de poder é essencial.

E é isso que a conferência priorizará, a participação de todas as mulheres de todas as esferas para representar a todas: Movimento de Mulheres indígenas, prostitutas, LBTs, religiosas, negras e quilombolas, entre outros. O importante é todas estarem a frente de suas representatividades e lutas.


Livia Noronha, coordenadora da Combel comemora o retorno da conferência “estávamos desde 2015 sem fazer conferência, ela voltar neste momento é extremamente importante, discutir politicas publicas para as mulheres, neste momento, confere a necessidade que estamos vivendo atualmente, e é essa a necessidade de haver este tipo de evento”.


De acordo com fortalecimento da mulher, a IV conferência para as mulheres tem o objetivo de qualificar e promover e garantir a participação na formulação e controle das políticas para as mulheres. Também fortalecer a relação entre o governo e a sociedade civil para que assim possamos ter controle da política municipal para as Mulheres.


Também para:


· Estimular a criação e o fortalecimento das organizações feministas e de mulheres;


· IV. Estimular a criação e o fortalecimento dos conselhos municipais dos direitos das mulheres;


· Estimular a criação e o fortalecimento dos organismos de políticas para mulheres municipais;


· Estimular a elaboração de Planos Municipais de Políticas para as Mulheres;


· Discutir e elencar recomendações para um Sistema Político com participação das mulheres e com igualdade de direitos;


· Levar informações e estimular a atuação conjunta de municípios em torno de planos e metas comuns para as políticas para as mulheres;


· Eleger as entidades representantes da sociedade civil para comporem o Conselho Municipal da Condição Feminina - CMCF.


A força da mulher nos espaços políticos é necessária, ela transcende espaços físicos, seja em casa ou no trabalho, o fato é que a força produtiva está nas mãos de mulheres. Elas se destacam pela qualidade e competência, por isso a importância da retomada desta conferencia, para mostrar nossas lutas e necessidades.


Serviço:

▪️(29/09)


Credenciamento: 8h às 15h


Abertura: 16h


Encerramento: 20h


▪️(30/09)


Debates dos eixos temáticos: 9h às 17h

Local: Esamaz – Rua Municipalidade, 546.