O que tu achas do retorno às aulas das escolas estaduais do Pará?



A volta às aulas tem sido um tema bastante apreensivo para pais e alunos aqui em Belém. A preocupação gira em torno de como será feita a adaptação dos estudantes nas salas de aula, já que ainda estamos lidando com a pandemia e principalmente por que as crianças e a maioria dos adolescentes, ainda não estão vacinados.


De acordo com dados da Seduc, só no Pará, 142.360 estudantes voltaram às aulas presenciais na rede estadual de ensino nesta segunda,2. Já o número de profissionais da educação representa o número de 27.916, sendo 16.388 professores e 11.528 demais funcionários que integram a equipe.


Nas redes particulares de ensino e em escolas do Estado a volta as aulas será feita de forma hibrida, isso que dizer que, os alunos terão aulas online e presencial, já a rede municipal de Belém segue com aulas exclusivamente online, tendo seu retorno presencial só a partir de 1º de setembro, após a vacinação completa dos professores.


Uma das preocupações de pais e responsáveis é com a situação das salas de aulas e a interação dos demais alunos com outros colegas e professores, principalmente com a segurança deles em determinadas atividades como o próprio recreio, que as crianças podem relaxar e fazer o uso inadequado das máscaras.


Além disso, tem o fato de que uma parte dos professores ainda não estão vacinados, a prefeitura de Belém por exemplo escolheu esperar até que todos os professores fossem vacinados para poder voltarem as aulas, mas a rede estadual e escolas privadas preferiram adotar medidas preventivas que pudessem já retornar com as aulas em agosto.


Fora as novas adaptações que estão sendo feitas para a volta as salas de aula, há também a preocupação de como será feita a dinâmica com os alunos, que estão a tanto tempo sem frequentar as escolas. Enfim, a programação para o retorno as aulas tem que ser muito debatida, principalmente pela segurança das crianças. O retorno às salas de aula é importante, para a qualidade de ensino e envolvimento social dos estudantes.