População ribeirinha de Belém ganha Unidade Básica de Saúde Fluvial


Imagem: Mácio Ferreira / Comus

Pela primeira vez na história, o município de Belém poderá usufruir de uma Unidade Básica de Saúde Fluvial, que beneficiará e ofertará diversos serviços para a população ribeirinha das ilhas que cercam nossa capital. Nesta manhã a UBS Fluvial Camilo Viana foi inaugurada, pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues , a novidade faz parte do projeto Rede Belém de Saúde nas Comunidades, administrado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).


Imagem: Mácio Ferreira / Comus

A UBS é uma vitória para os habitantes que vivem nas ilhas da capital e tem dificuldade para acessar os serviços de saúde, por conta de diversos fatores econômicos e sociais. A gigante fluvial pretende começar os trabalhos já na próxima semana, e a primeira escolhida é a ilha de Cotijuba, sua população receberá, além de consultas médicas e palestras voltadas a educação e saúde comunitárias, o rastreamento de doenças prevalentes como hanseníase, tuberculose e HIV, doenças com alta incidência e todas essas tem tratamento gratuito oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


Os serviços ofertados pela Prefeitura devem beneficiar mais de 30 mil pessoas, percorrendo com a embarcação pelas ilhas que banham o arquipélago de Belém. Para além de uma novidade a iniciativa da UBS Fluvial é única e reforça o comprometimento da nova gestão com a saúde e bem estar dos mais desfavorecidos de acessibilidade.


Que a embarcação possa alavancar a saúde no município e para além disso dar todo suporte para o povo que mora na beira do rio, eles merecem!