Semana do patrimônio histórico de Pará, tem programação especial em Belém



"Um povo sem memória é um povo sem história”, já dizia a historiadora Emília Viotti da Costa e por isso se faz necessário a preservação do nosso patrimônio histórico e imaterial paraense para valorizar nossa identidade, nossa cultura, nossa arte, nossos saberes ancestrais e tradicionais.


Como mulher indígena e amazônida, sei o quanto é imprescindível a conservação e manutenção do nosso patrimônio. E para a proteção e resguardo é preciso conhecer de perto.


A programação da Semana Nacional do Patrimônio será realizada pelo Governo do estado, através da Secretaria de Estado de Cultura (SECULT), por meio do Sistema Integrado de Museus e Memoriais (SIMM) e o Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Cultural (DPHAC) que começou desde o último dia 17 de agosto e vai terminar no dia 22. Se tu não sabias ou perdeste algum dia da programação, corre que ainda dá tempo de aproveitar bastante coisa!


“Rios, florestas e cidades na Amazônia paraense – os sentidos do patrimônio”, é o tema da semana do patrimônio que terá várias ações que consistem em atividades e debates sobre a dinâmica do Patrimônio Cultural na atualidade. Neste período, as visitas a todos os espaços museais do SIMM serão gratuitas em Belém.

Se liga programação que ainda falta acontecer


20/08 – 19h Live: Paisagens da memória e da história - a interiorização do olhar Mediadora: Cássia da Rosa (MEP/SIMM/SECULT) Debatedores: Dário Benedito (UFPA – Campus Bragança), Patrícia Chaves (Centro Cultural João Fona)


21/08 –09h30 Percurso Comentado – o olhar para e pelo patrimônio da cidade Mediadores: Dayseane Ferraz (SIMM/SECULT), Raimundo Calandrino, Coordenação de Educação.


21/08 – 10h Conteúdo: O patrimônio que a gente faz - (Instagram da Secult: Secult Pará)

Vão lá e depois me contem se gostaram. E não se esqueçam parentes, preservar o patrimônio é preservar à vida!